Super Bock Super Rock – o fim.

Finalmente tenho algum tempo para fazer este post.

À chegada ao oriente deparei-me com uma entrada de 500 ou 600 metros cheia de pessoas, passado uma hora já me encontrava dentro do recinto, este ‘já’ porque ninguém tem a noção das pessoas que lá estavam 😀 .

Quando entrei encontrei um recinto com algum espaço e bem organizado, achei um bom recinto. Nesse momento estava a actuar Stone Sour, não vos posso dizer nada sobre a banda pois não me dizem nada e mal reparei neles.

Seguiu-se o mestre da guitarra, Joe Satriani, já tinha ouvido algumas musicas e visto alguns vídeos dele, realmente este senhor toca muito guitarra seja em qualquer lado ou em qualquer lugar.

Com uma hora pelo meio de espera, algo que não cabe na cabeça de ninguém lá começou os pais de Heavy Metal , Metallica, a banda que me tinha feito ir ao SBSR.

Ver estes senhores ao vivo é algo fantástico, transmitem-nos uma energia poderosa, vê-se que adoram fazer aquilo, parece que é o primeiro álbum que estão a lançar, e já têm quase trinta anos de carreira. O som que sai daqueles instrumentos é de tal forma bom que nos deixa colados a olhar para eles e a pensar como é que conseguem encaixar tão bem uns nos outros e fazer aquelas músicas maravilhosas.

A banda pareceu-me mais unida que antes e penso que eles gostaram de cá estar, devido à reacção deles no fim, e ainda bem que assim foi. Aconselho a quem tiver oportunidade, não se vão arrepender.

 

One

Fade to black

The memory remains

 

Uma coisa que me deixou muito surpreso, foi o facto de no meio daqueles muitos milhares de pessoas e a maior parte tendo um aspecto ‘metaleiro’ (atenção que não tenho nada contra isso, pelo contrário), não houve problema nenhum, tudo muito calmo, as pessoas curtiam na delas, sempre simpáticas e compreendendo para o que ali estavam. Enquanto, quando vamos a um jogo de futebol, há problemas todos os jogos e devia ser um evento mais pacífico, mas não o é!

Uma coisa que esteve em falta foram os transportes públicos, acho que a organização devia ter isso em conta para o ano. Não custa nada colocar uns autocarros e deixar o metro aberto durante uma noite, visto que são milhares de pessoas.

Para finalizar, é só dizer que apanhei uma palheta 😉

 

-Q208-

Advertisements

~ por Hélder Pinheiro em 2 Julho, 2007.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: