Transmissão do vírus da SIDA

A transmissão heterossexual é cada vez mais a principal via de contágio do vírus da SIDA, estas foram as conclusões de mais uma edição do HIV Meeting Point, que teve lugar em Óbidos, no qual estiveram reunidos muitos dos melhores especialistas em VIH/SIDA a nível nacional e internacional.

Apesar do maior número de casos notificados corresponder a toxicodependentes, a transmissão heterossexual tende a aumentar, sendo já considerada a segunda maior causa de infecção. Desde 2000, tem-se verificado um aumento proporcional do número de casos de transmissão heterossexual e uma diminuição dos casos associados à toxicodependência.

Em Portugal, Elizabeth Pádua, do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, refere que a 31 de Março de 2007, encontravam-se notificados 31.132 casos de infecção VIH / SIDA nos vários estádios de infecção. O total acumulado de casos de SIDA era de 13.762 dos quais 452 causados pelo vírus VIH-2.

Estas conclusões fazem nos pensar até que ponto as acções de sensibilização sobre o uso de preservativo e comportamentos sexuais de risco que tem vindo a ser feitas ao longo destes anos têm sido eficazes. Talvez seja melhor repensar prioridades e apostar na sensibilização no grande publico, dado cada vez mais ser uma questão de saúde pública.

 

Mais aqui.

-Q208-
Advertisements

~ por Hélder Pinheiro em 3 Julho, 2007.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: