Cozinheiro despedido por estar infectado com HIV

Funcionário recorreu ao Supremo Tribunal depois de duas decisões judiciais desfavoráveis que dizem que infecção se transmite por suor, lágrimas e saliva

O Tribunal da Relação de Lisboa considerou justificado e legítimo o despedimento de um cozinheiro infectado com HIV que trabalhava na cozinha de um hotel, confirmando decisão semelhante já tomada pelo Tribunal de Trabalho de Lisboa. No acórdão que o PÚBLICO consultou lê-se que “ficou provado que A. é portador de HIV e que este vírus existe no sangue, saliva, suor e lágrimas, podendo ser transmitido no caso de haver derrame de alguns destes fluidos sobre alimentos servidos ou consumidos por quem tenha na boca uma ferida”.

Fonte: Público

 

Hoje em dia, qualquer criança sabe que o HIV se transmite só e apenas só na troca de sangue infectado, na troca de fluidos sexuais e durante a gravidez, de mãe para filho!!!

Se queriam despedir o fulano por ele cozinhar mal era uma coisa, agora por isto?

Infelizmente, vivemos num país de ignorantes e esta merda revolta-me as entranhas!!!

Para quem não sabe distinguir o que é ser portador de HIV e estar infectado com SIDA, é favor informar-se aqui

Anúncios

~ por André Rocha em 19 Novembro, 2007.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: